sábado, 19 de março de 2011

Coisas que só o coração pode entender

Como a gente muda tanto em tão pouco tempo?
Como a gente cresce tanto em um piscar de olhos?
Como a gente oscila tanto os nossos pensamentos?
Como a gente vai do fundo do poço para o topo do mundo?
Como a gente ama alguém assim?
Como a gente esquece outro alguém tão rápido?
Como a gente consegue viver essa vida absolutamente louca? Me diz?


A minha vida é movida por grandes ondas que vem e vão (e as vezes voltam), grandes, devastadoras, suaves, tranquilas. Com cada uma dessas eu cresço um pouquinho, ou aprendo mais alguma coisa. Sempre entro na próxima, com um resquício da onda anterior. É assim que eu vou, é assim que funciona a minha vida, eu acho. Entender isso é bom, saber disso é bom. Ter conhecimento, ou pelo menos uma ideia, de como a gente mesmo funciona é um ótimo começo.
Só sei que agora eu estou pronta pra essa grande onda que está se formando lá longe, em alto-mar. Espero que ela venha com toda a força do mundo, espero que ela carregue certos medos e incertezas pra bem longe de mim. Espero que ela seja boa como eu imagino que será.
Seja bem vinda, nova onda e nova vida. Eu te aguardo com todo o amor do mundo. Venha que será bom, para mim e para todos nós. Inclusive para aqueles que me aguentaram durante essas últimas semanas antes de saber da sua chegada. Essas semanas rodeadas de muitas inseguranças.
Mas, nada que não tenha valido a pena. Obrigada também à vocês. Acho que começaremos juntos uma nova fase agora.

Bom dia, onda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário