quinta-feira, 20 de maio de 2010

Estrelas Calientes

No livro que eu li "AvóDezanove e o segredo do soviético" do Ondjaki, os nomes são todos juntinhos mesmo, não foi um erro de digitação e minha tecla de dar espaço também não está com problema. Bom, é um livro daqueles de ler devagarzinho, bem com calma, prestando atenção nos detalhes. São basicamente, as memórias das férias de um menino e os seus medos, suas brincadeiras, seu cotidiano, vizinhos e histórias na Praia do Bispo, em Luanda, a capital de Angola. Só pra entenderem um pouquinho, na época, muitos russos e cubanos viviam em Luanda, pois estavam em guerras políticas e eram aliados. O menino, narra além de suas próprias férias na casa da avó, a construção de um mausoléu soviético e a possível explosão da praia. É muito bom, recomendo à todos, uma delícia de ler, cheio de "mistériozinhos" e histórias inventadas e aumentadas. É um livro de ler rápido, um livro fácil de entender e se intrometer nas cotidianas aventuras das crianças.
Meu personagem preferido, é o EspumaDoMar, um cubano meio maluco e filósofo, que mora na PraiaDoBispo e conta suas histórias e teorias para as crianças. Algumas páginas do meu livro, estão com a pontinha dobrada, pois marquei as passagens bonitas. E essa, dobrei duas vezes, porque foi a que mais gostei:

"-Vocês falam estrelas cadentes, mas eu conheço os dicionários todos da língua angolana e da cubana. Estrelas calientes, são fenómenos dos céus e do universo escuro, a poeira cósmica e etcetera... seus patetas que nunca andaram nas escolas universitárias!
(...) - Aprendam meninos, há dois céus: o céu azul que pertence aos nossos olhos e às asas dos aviões e dos passarinhos. E existe um céu negro que é tão grande como um deserto. (...)
- As estrelas calientes derreteram com os calores do sol e por isso caem em direção ao planeta mundo. Nuestro planeta es el unico que tiene agua para elas arrefecerem outra vez. São estrelas calientes, e um dia, depois de arrefecidas, juro, esas estrellas van a querer volver a casa... (...)
- Ainda vamos ver essas estrelas subirem, da terra para lá em cima, nos céus que dormem longe vestidos de brilhos brilhantes."

Nenhum comentário:

Postar um comentário