sexta-feira, 9 de abril de 2010

Visitante momentâneo

Era um típico dia de ficar em casa, receber as visitas, fazer uma social, essas coisas. Mas, não. Não podia ser tão típico assim, aliás, tinha que ser completamente diferente. Pois é, estava meio nublado, não dava para ficar na piscina, então todos ficaram reunidos envolta da mesa.
Estavamos comendo, aquela coisa toda e aparece um "pato" no jardim, bom, ninguém deu bola. Devia ser um bichinho que chegou pela lagoa. Mas, o pato foi chegando perto e ele andava de um jeito diferente, bem fofo por sinal. Opa, foi aquela comoção silenciosa geral e todos levantaram para ver o pinguim que se aproximava. Ele veio, ficou olhando pra gente, se enfiou embaixo de uma planta e meu pai o pegou no colo. Ah, que nervoso, ninguém ensina o que fazer quando um pinguim aparece na sua casa!
Peguei ele também, levei uma senhora patada na camiseta branca que ficou marrom. A Letícia, nossa amiga que mora em Portugal, estava por aqui e levou junto comigo uma deliciosa arranhadinha no braço! Mas, reparamos que ele tinha um anel na asa e resolvemos levá-lo até a polícia ambiental, que era bem perto, ufa. Foi, realmente um dia bem estranho, um pinguim, na minha casa!
Adorei a novidade. Espero receber mais visitinhas inesperadas, acho que a Letícia gostou também, já que agora somos meio-pinguins.
Nosso visitante momentâneo foi muito bem recebido, no seu jeito pinguim de ser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário