quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Família ê, família a, família!

Minhas férias foram ótimas esse ano, não passaram nem muito rápido, nem tão devagar. Logo depois que as aulas acabaram, veio natal, família, ano novo, festas que a gente tem que fazer aquela social básica com todo mundo. Olha sorrindo pra titia que diz que você está desnutrida, olha sorrindo pra amiga da filha da tia avó que diz que você está mais gordinha que no ano passado, cumprimenta a família inteira durante meia hora e aguenta ficar ouvindo:

- Nossa, mas tá cada vez mais parecida com o pai.
- Cresceu hein? Quantos anos você tem meu bem, 16? (não tia, 14).
- Ah, querida! É a carinha da irmã quando tinha a idade dela!
- Mas, é uma fofinha mesmo né? (Adeus amadas bochechas)
- Oh meu bem, já te apresentei pra sobrinha da minha cunhada?

NÃO!

Mas, sabe, a gente se irrita mesmo, família, a italianada toda reunida e falando alto. Sempre assim. Mas, vai dizer, o que parecia ser uma fingida íntima conversa familiar, acaba desembocando nas fofocas, nas histórias, nas risadas, lamentações, pêsames, mais envolventes possíveis.
E no fim, e a gente vai ver e são 3 horas da manhã e estamos lá, adorando a companhia das titias, da sobrinha da cunhada, da amiga da filha da tia avó, dos primos pequenos que não param de repetir a mesma gracinha enquanto os "babões" batem palmas, dos namorados e namoradas dos primos mais velhos, dos parentes de 3.100 a.C, dos pais, irmãos e amigos da família. Todos envolta da farta mesa de peru, pernil, frutas, panetones, bolos, doces, esperando anciosamente o almoço do dia seguinte para ver todo mundo de novo.

2 comentários:

  1. O Ceci! Tudo bem contigo? Há algum tempo tenho acompanhado seu blog e me divertido com os seus cometários, mas de todos, esse inevitavelmente chamou minha atenção...
    Sim, lá em casa a italianada também se passava comigo e com meus irmãos! Mas com o tempo percebi duas coisas sobre isso: a 1a. é que piora com o tempo(como você cresceu!? Já está namorando?! Teu pai vai precisar comprar uma arma!Nossa, já fazendo faculdade? Quê?? Casar? E os filhos quando vem? e blá, blá, blá...). Bem, a 2a. é que se a gente não se cuida, logo, logo começa afofar as bochechas dos sobrinhos, dos filhos dos amigos e ficar espantado com quanto eles cresceram e nós... envelhecemos...
    PArabéns pelo Blog Ceci! O layout está uma gracinha e seus comentários são ótimos! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Mi, adorei o comentário! Que bom que você gosta do blog, fiquei bem feliz :)
    Espero que continue por aqui, um beijão!

    ResponderExcluir